Andador para idosos: segurança e bem-estar ao caminhar e se locomover


Com o envelhecimento, é normal e muito comum que os membros inferiores, como pernas e joelhos, passem a perder força. Isso faz com que atividades antes feitas com facilidade passem a se tornar mais difíceis e, até mesmo, perigosas.

No sentido de dar mais segurança e autonomia aos idosos, surgiu o andador, que auxilia tanto no deslocamento quanto no equilíbrio. Para saber mais sobre o assunto, continue lendo o texto e saiba tudo sobre o andador para idosos e seus benefícios.

 

Diferença entre andador, bengala e cadeira de rodas

O andador tem função de apoio, permitindo a locomoção segura e equilibrada para aqueles que perderam a força ou a firmeza.

Diferentemente da bengala, ele possui mais pontos de apoio no chão, o que aumenta a segurança e estabilidade de quem sente insegurança ao caminhar.

Ao contrário dos dois, a cadeira de rodas é indicada para as pessoas que perderam ou que possuem baixa mobilidade nas pernas.

Nesse sentindo, o andador serve para o idoso que não se sente seguro com a bengala, mas que também possui mobilidade o suficiente para não precisar de uma cadeira de rodas.

 

Tipos de andadores para idosos

Os principais tipos de andador para idosos são:

 

- Andador fixo

Este modelo é aquele com quatro pontas de borracha, ou seja, não possui rodas. Por precisar ser levantado e colocado a frente a cada passo, é indicado para os idosos que possuem fraqueza nas pernas, mas com força nos braços e ombros.

 

- Andador com rodas dianteiras

Esse modelo conta com duas rodas na frente e duas pontas de borracha atrás.

Já que não é necessário levantar o equipamento para caminhar, ele é considerado mais prático e indicado aos pacientes que não possuem força nos membros superiores.

 

- Andador com quatro rodas

Por último, este modelo, como o nome próprio já diz, possui as quatro rodas em todos os pés.

A vantagem desse modelo é permitir uma caminhada mais rápida. No entanto, é considerado menos seguro para os pacientes que necessitam de uma segurança maior, já que é mais fácil perder o controle.

 

Como escolher o andador para idoso ideal?

Como você pôde conferir, cada modelo é indicado para determinadas necessidades. Por isso, analisar quais elas são é primordial para fazer a escolha certa.

A seguir, confira os principais pontos que devem ser levados em conta ao adquirir um andador:

 

- Resistência: na hora de adquirir um andador, veja o peso que ele suporta e se o valor bate com o peso da pessoa que irá utilizar

- Andador fixo ou com rodas? Essa resposta vai depender das necessidades do idoso. O andador sem rodas, geralmente, é indicado para os pacientes que possuem força nos ombros e braços. Já os com rodinha são indicados para aqueles que perderam tanto a força nas pernas quanto nos braços.

- Indicação médica: é fundamental seguir as restrições e indicações do médico e dos profissionais das lojas especializadas ao adquirir um equipamento.

 

Comprar andador para idosos em Ribeirão Preto

Para adquirir um andador para idosos e outros produtos ortopédicos em Ribeirão Preto, basta entrar em contato conosco. Tire suas dúvidas de quem está há mais de 50 anos no mercado de produtos e equipamentos ortopédicos.