Escoliose: tratamento com colete vale a pena?


O tratamento com colete para escoliose é uma alternativa não cirúrgica que, apesar da estética da órtese não ser das mais agradáveis na percepção dos jovens, elas garantem bons resultados.

Logo, o apoio dos pais e educadores quanto à necessidade de corrigir a coluna é importante para evitar a desmotivação de seu uso por conta do relacionamento social, em que a criança ou adolescente pode se sentir incomodado com o uso do dispositivo.

Conforme o crescimento ósseo, é possível que um novo colete seja desenvolvido a fim de se ajustar às novas medidas do corpo, efetivando sua eficácia progressiva.

Além disso, alguns cuidados com o aparelho são necessários, como estar bem ajustado ao corpo, ser usado dia e noite ou conforme a prescrição médica e, claro, manter a higiene diária.

O paciente que faz uso do colete também recebe tratamento de fisioterapia a fim de equilibrar a correção com o crescimento simultâneo da coluna, alinhando a postura de forma equilibrada.

Logo, vale a pena o tratamento com colete para escoliose, em que o esforço temporário em prol de uma vida adulta sem dores, mobilidade ilimitada, saúde e estética em harmonia, são o resultado de um tratamento precoce que eleva as chances de cura e evitam a necessidade de procedimentos cirúrgicos em muitos casos.